Comprimido para emagrecer faz bem à saúde?

Tudo começa com a vontade de perder aqueles quilinhos que com o passar dos anos marcaram território. Perder peso com o auxílio de comprimidos para emagrecer se tornou algo comum e até mesmo possível.

Comprimido para emagrecer faz bemPorém, alguns desses remédios podem causar efeitos secundários que não são nada benéficos para a saúde do indivíduo.

Os comprimidos para emagrecer podem sim auxiliar na perda de peso, mas devem ser tomados com cuidado e com a orientação de um profissional médico para que os efeitos colaterais não sejam negativos.

Principais contras dos remédios para emagrecer

Um dos remédios mais receitados em todo o território brasileiro é o sibutramina, que inibe o nosso apetite agindo diretamente no cérebro.

Porém, aqui vai uma restrição: esse medicamento é prescrito unicamente para obesos, eliminando até dois quilos em um mês.

Quando indivíduos normais, porém, descontentes com o resultado na balança apostam no medicamento, os efeitos colaterais podem envolver insônia, falta de ar, alteração no humor e até mesmo complicações nos rins, pulmões e fígado.

Além dele, medicamentos como a fluoxetina (que é um remédio indicado para ansiedade, mas que também auxilia na perda de peso), xenical, canaless, extrato de alcachofra e anfepramona são alguns dos principais remédios para quem quer emagrecer de forma rápida.

Mas o problema é que grande parte desses remédios são unicamente indicados para indivíduos obesos e com sérios problemas para garantir a perda de peso.

O uso desses medicamentos por indivíduo normais faz com os efeitos negativos sejam sentidos pelo mesmo, começando pelo próprio efeito sanfona: quem perde peso por meio dos remédios para emagrecer, corre grande risco de ganhar toda essa gordura de novo assim que o tratamento com o remédio chegar ao fim.

Além disso, a dependência com esses remédios pode não ser nada positiva, causando efeitos colaterais no próprio emocional do indivíduo, como alterações no seu humor, ansiedade e qualidade de vida como um todo.

E os termogênicos?

Os termogênicos, por sua vez, são medicamentos que podem sim garantir a perda de peso sem nenhum malefício para a saúde.

Mas, para que isso realmente seja possível, o indivíduo em questão precisa conciliar esse medicamento com a realização de atividades físicas, já que ele promove a perda de peso acelerada por meio da elevação da temperatura corporal e da capacidade de aumentar o “desprendimento” das calorias.

Sem as atividades físicas, esses medicamentos não ajudam no emagrecimento e ainda podem causar danos para a saúde física e principalmente emocional, causando falta de ar, insuficiência cardíaca, AC, alterações no humor e na ansiedade e assim por diante.

O que fazer para emagrecer?

Por fim, devemos destacar que a melhor forma de garantir a perda de peso de uma forma saudável e não-prejudicial é por meio da sua própria dedicação em conciliar atividades físicas com uma reestruturação alimentar.

Dessa forma, além de perder gordura (principalmente abdominal) de forma natural, você também sai beneficiado na sua própria saúde, já que uma alimentação correta realizada lado a lado com os exercícios pode também auxiliar no combate a doenças, na melhora do humor, equilíbrio e da própria qualidade de vida como um todo.

Comprimido para emagrecer faz bem à saúde?
1.67 (33.33%) 3 votes

Júnior Cipriano

Meu nome é Júnior Cipriano. Sou Blogueiro, apaixonado por emagrecimento e uma alimentação saudável.

Website: http://www.emagrecerfazbem.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *